ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Arquidiocese vai inaugurar busto em homenagem ao seu primeiro bispo diocesano - por Pe. Andrey Nicioli


A arquidiocese de Pouso Alegre vai inaugurar no próximo sábado (31) um busto em homenagem ao seu primeiro bispo diocesano, dom João Batista Corrêa Nery. O busto será colocado nos jardins do seminário arquidiocesano Nossa Senhora Auxiliadora. As pessoas poderão acompanhar esse momento de homenagem pelo Facebook da arquidiocese (@arquidiocesepousoalegre) a partir das 9h.

A inauguração e homenagem marcam o encerramento do ano jubilar pelos 120 anos de criação da diocese, em 1900.

“A inauguração do busto de Dom Nery é um marco físico do jubileu. A arquidiocese de Pouso Alegre se coloca em pé para homenagear seu primeiro bispo. Por que os jardins do seminário? porque o seminário é a casa onde os futuros padres começam a dar os primeiros passos na formação do sacerdócio”, afirmou o arcebispo metropolitano, Dom José Luiz Majella Delgado.

As conversas com o escultor Mário Pitanguy, do Rio de Janeiro, tiveram início em setembro de 2019. A imagem, feita em bronze e medindo 60 cm, chegou à arquidiocese nesta semana.

“Para a composição desse trabalho, me inspirei fortemente no busto do cardeal Scipione Borghese, do artista italiano Gian Lorenz Bernini. O processo é feito da mesma forma há milhares de ano. É um processo unicamente artesanal. A primeira modelagem é feita em argila. Após o busto aprovado, fazemos um molde de borracha de silicone e daí fazemos um reprodução da peça em cera. É a partir da cera que transformamos em bronze. Um bronze bastante rico em cobre, obedecendo todas as indicações internacionais”, afirmou o artista.

Além do atraso por causa da pandemia, a escassez de material histórico e fotos foi um grande desafio para a composição do busto.

“As dificuldades são sempre muito variadas mediante cada projeto. Neste projeto, em especial, tínhamos pouquíssimas fotos para usar como referências, e referências são essenciais. Tivemos pouquíssimas referências históricas para confeção do trabalho”, disse.

A CRIAÇÃO DA DIOCESE

O primeiro passo para a criação da diocese de Pouso Alegre foi dado no dia 10 de maio de 1899, quando padre José Paulino foi nomeado visitador diocesano da porção sul-mineira do Bispado de São Paulo. No dia 08 de setembro do mesmo ano, padre José Paulino instalou o Seminário Menor e o Ginásio Diocesano São José.

Em 04 de agosto de 1900, a Sagrada Congregação Consistorial expediu o decreto pontifício Regio Latissime patens, por meio do qual nasceu a Diocese de Pouso Alegre, sufragânea do Arcebispado de São Sebastião do Rio de Janeiro. Isto significou que o território sul-mineiro desmembrou das dioceses de São Paulo e Mariana. À época, aproximadamente 200 mil pessoas habitavam as 107 paróquias da nova Igreja episcopal, ocupando uma área de 49,4 mil quilômetros quadrados.

Como pastor da nova Diocese, a Santa Sé nomeou o então bispo de Vitória, Dom João Batista Corrêa Nery. A nomeação se deu no dia 17 de fevereiro de 1901.

Don Nery chegou à Pouso Alegre no dia 19 de julho do mesmo ano, vindo de Campinas. Sua posse foi dois dias depois.

Transferido para Campinas, deixou o Exmo. Sr. Dom João Nery a Diocese de Pouso Alegre no dia 30 de outubro de 1908, continuando, porém, como seu administrador apostólico.

Durante o episcopado de Dom Nery foram ordenados 24 sacerdotes, alunos do Seminário Diocesano. O último deles foi reconhecido beato pela Igreja: padre Donizetti Tavares de Limas. 

Faleceu em Campinas, no dia primeiro de fevereiro de 1920.

A VIDA DE  DOM NERY EM POUSO ALEGRE

Entre os fatos importantes realizados durante a administração de Dom João Nery, devido às suas iniciativas ou por ele impulsionados, podemos enumerar as seguintes:

- Em 21 de novembro de 1901 chegaram á Pouso Alegre os Reverendíssimos Missionários do Imaculado Coração de Maria, estabelecendo sua residência provisória a 8 de dezembro em um prédio pertencente ao bispado, na rua Afonso Pena;

- A 1º de janeiro de 1902, começou a publicar-se o órgão católico da Diocese, o "Semana Religiosa";

- Em março de 1902, abriu-se a Escola Diocesana para instrução primária dos menores pobres;

- No dia 8 de abril de 1902, chegaram à Pouso Alegre as irmãs da Visitação, que abriram um colégio para meninas no dia 2 de junho em um prédio provisório, lançando-se a primeira pedra do edifício definitivo no dia 24 de maio de 1903;

- Em 15 de janeiro de 1903, começou a ser publicado o "Mensageiro Eclesiástico", revista mensal destinada ao clero;

- No dia 5 de junho de 1904 inaugurou-se solenemente o novo Palácio Episcopal, cuja primeira pedra foi lançada em 20 de janeiro de 1903, tendo sido a construção promovida por uma comissão composta dos senhores padre Antônio Pinto, Comendador Cândido Antônio de Barros e Capitão Inácio de Loyola Pires;

- No dia 5 de dezembro de 1905, a Santa Sé confirmou São Sebastião como principal padroeiro da Diocese;

- No dia 8 de dezembro de 1905 inaugurou-se solenemente em Pouso Alegre, o Santuário do Coração de Maria, cuja primeira pedra fora lançada em primeiro de janeiro de 1903;

- Em 19 de janeiro de 1906 instalou-se o Cabido Diocesano de Pouso Alegre, criado de acordo com o Decreto da Sacrosanctum Concilium, de 7 de agosto de 1905;

- Em 28 de março de 1907 foi recebida em Pouso Alegre a grande notícia da nomeação do Exmo. Sr. Dom Antônio Augusto de Assis para Bispo titular de Sura e auxiliar do Exmo. Sr. Dom João Nery. No dia 17 de novembro de 1907 realizou-se com grandes festas a sagração do Exmo. Sr. Dom Antônio Augusto de Assis, sendo sagrante o Cardeal Arcoverde e assistentes os Exmos. Srs. Dom João Nery e Dom Eduardo Duarte Silva;

- Em 25 de abril de 1908, o Núncio Apostólico, Dom Alexandre Bavona, deu execução ao Decreto da Santa Congregação Consistorial de 8 de setembro de 1907, criando a nova Diocese de Campanha, desmembrada da Diocese de Pouso Alegre;

- No dia 3 de junho de 1908, o Exmo. Sr. Dom João Nery, nomeado administrador apostólico da nova Diocese de Campanha, fez a sua solene instalação nomeando Vigário Geral o Exmo. Monsenhor João de Almeida Ferrão, logo depois Bispo da nova Diocese.

 

 

 

 

 

Publicado no dia 28/10/2020